Sustentabilidade do Pantanal

Instituto SOS Pantanal apresenta resultados de expedição que mapeou iniciativas para a sustentabilidade do Pantanal

Foto: Divulgação

 

Exposição “O Pantanal é Aqui”, traz ao público mais informações sobre o Pantanal e pretende conscientizar a sociedade sobre sua importância.   

Durante o ano de 2011, o Instituto SOS Pantanal, que tem a missão de informar e promover o diálogo para um Pantanal sustentável, realizou a “Expedição Pantanal”, projeto que tem como principal objetivo trazer à luz iniciativas que cooperem para a sustentabilidade deste bioma. Trata-se de um mapeamento de iniciativas que contribuem para a conservação da região da Bacia do Alto Paraguai, reconhecendo e valorizando as boas práticas para apresentá-las à sociedade e ao poder público. Agora, um ano depois, a organização lança a exposição “O Pantanal é Aqui” para apresentar ao público o resultado da Expedição. O evento tem o objetivo de ampliar o que a população conhece sobre sustentabilidade de uma maneira diferente, inspiradora e alegre, utilizando arte, cultura e mostrando iniciativas concretas exemplares.

Foto: Divulgação

Durante a expedição, o instituto pode conhecer iniciativas em propriedades, instituições de pesquisa, organizações não governamentais e associações. Portanto, não se trata de uma avaliação do desempenho dos habitantes e produtores rurais do Pantanal. Sobretudo, é uma forma de valorizar os esforços que estes fazem para se manterem viáveis e sustentáveis simultaneamente, podendo servir de exemplo para outros interessados.

A metodologia aplicada tem como base a percepção socioambiental, e possibilita uma análise rápida das atividades dos pantaneiros identificando quais são as boas práticas por meio de conversas prazerosas conduzidas pela equipe de expedicionários. Esse diagnóstico também possibilita a percepção de atividades que atendem aos princípios de sustentabilidade, identificando se as boas práticas alcançadas estão mais associadas com a dimensão ambiental, social ou econômica.

Os dados levantados na Expedição 2011 permitem uma leitura inicial sobre a situação da sustentabilidade na região e, a partir dos estudos de caso, a valorização e disseminação de práticas positivas e replicáveis. Assim, o Instituto promove a gestão do conhecimento e a disseminação de informações de forma clara, visando desencadear e acelerar os impactos positivos para a conservação e desenvolvimento sustentável do Pantanal.

Para essa disseminação de informações, surge a exposição “O Pantanal é Aqui”, que será realizada nos dois estados que abraçam o Pantanal brasileiro, primeiramente em Campo Grande (Mato Grosso do Sul), até 2 de setembro e posteriormente em Cuiabá (Mato Grosso), de 13 a 30 de setembro.

A programação do evento será divertida e educativa, receberá pessoas de todas as idades e visa mobilizar a sociedade pelo seu caráter informativo e interativo, com rodas de conversas, apresentações culturais e musicais, visitas monitoradas de escolas públicas e privadas. Contará, também, com a exibição de fotos e vídeos da Expedição.

“O Pantanal é Aqui” aposta na ampliação do conhecimento da população em geral sobre o Pantanal, suas características e dinâmicas sociais, econômicas e ambientais. O evento tem foco em uma agenda positiva, demonstrando concretamente as boas práticas realizadas na região e as atitudes da sociedade pantaneira em prol da sustentabilidade, evidenciando de forma clara e objetiva os aspectos e dimensões observados ao longo da Expedição Pantanal.

Foto: Divulgação

Além das imagens feitas durante toda a expedição, o evento ainda contará com imagens cedidas pelo fotógrafo Adriano Gambarini, fotógrafo especializado em documentar áreas remotas e apaixonado pelo Pantanal. Gambarini é autor fotográfico de livros de arte e também escreve para o blog da National Geographic desde o início da revista no Brasil.

Para a sua realização, “O Pantanal é Aqui” conta com parcerias como a Fundação SOS Mata Atlântica, Fundação Toyota do Brasil, Toyota, Rede de Supermercados Comper, Governo do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundação de Turismo do Mato Grosso do Sul, Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Secretaria do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), Centro de Pesquisa do Pantanal, Prefeitura Municipal de Campo Grande (Fundação Municipal de Cultura), Norte Sul Plaza – Campo Grande/MS, Pantanal Shopping – Cuiabá/MT e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

 

Adicionar comentário