Sentir-se bem

 

Por um instante, pare o que você estiver fazendo e IMAGINE alguém que você conhece (pessoalmente ou não), sentindo-se muito bem com a vida. Não foque na circunstância, foque apenas no BEM ESTAR da pessoa. Imagine-a plena.

Depois que você fizer isso muitas vezes, experimente dar um upgrade nessa prática; SINTA em você a plenitude que você quer para essa pessoa e projete-a nela. Você consegue sentir se quiser e praticar.

Essa projeção é saudável porque é o envio da energia. Sinta a pessoa desfrutando desse sentimento. Outra vez não foque na circunstância, foque no SENTIR-SE BEM da pessoa.

Fazendo isso você gera plenitude em você e na pessoa. Você estará comungando a sua plenitude com a dela e essa comunhão potencializará este estado em vocês.

Não é mais transmissão de pensamento, é geração, projeção (envio) e comunhão de SENTIMENTO saudável.

Se cada ser humano fizer isso com, pelo menos dez pessoas diferentes ao dia, em pouco tempo a qualidade do “astral”, do “clima” emocional entre todas as pessoas, mudam da água suja em que está para a água pura e cristalina… em pouco tempo.

Mas, para não gerar expectativas e ansiedade, basta você começar a fazer isso. Se só você fizer isso, no mínimo, o SEU “astral” e o SEU “clima“ emocional mudarão para a água pura e cristalina… também em pouco tempo.

Isto é equilíbrio ecológico interior.
Imprescindível para o equilíbrio ecológico exterior.

Isto é apenas um rudimento da “mecânica” do amor universal: Sinta o sentimento de bem estar que quer para o outro e envie.

Pensando bem, fazemos bem.
Sentindo, fazemos melhor.

Foco no afeto!

Foto: Divulgação

 

Comentários 2

  • ALIETE M.V.PROSDOCIMO20/03/2013 em 23:42

    adorei este artigo penso que sera melhor viver desta forma.

  • ALIETE M.V.PROSDOCIMO20/03/2013 em 23:40

    que lindo este artigo ,podemos viver muito melhor desta maneira.

  • Adicionar comentário