Pessoas maduras

 

“Do psicólogo argentino Jorge Bucay, vem a interessante dica que se aplica como luva no perfil do novo-maduro”.  Arranjem um amante.”

Os que ainda não se aperceberam de que não chegaram ao ponto final da existência, é comum ficarem se lamentando pela monotonia de suas vidas, a recorrerem a antidepressivos, a entrarem em pânico a cada nova ruga, a irem tocando a vida no maior lengalenga, aborrecendo a paciência de todos os que estão à sua volta, vamos falar…

Foto: Divulgação

São tão limitados, que provavelmente levam o conselho ao pé da letra, e as mulheres assim, ficam roxas só em pensar que deveriam passar horas de luxurias com o George Clooney…

As aprendizas de nova-madura, vão ao dicionário pra ver se o termo pode ter outro significado, que não a de ter relações ilícitas com outra pessoa (ahhh e o George Clooney, hein?).

Descobrem que além de ser nome dado a corrente de ferro na ostaga da gávea alta (vai saber o que seja isso) pode significar também “estar apaixonado por alguma coisa”.

Já os novos-maduros assumidos, concordam de imediato com a proposta, pois já estão adorando fazer coisas que não só preenchem o tempo, mas que lhes dão prazer, que lhes diverte e que lhes enaltecem seus egos…

Foto: Divulgação

Como é bom cruzar com uma pessoa madura que resolveu fazer faculdade, que se delícia com  suas habilidades artísticas, culinárias, intelectuais… Que presta com ânimo um serviço comunitário, que tem seu grupo de amigos para gostosas tardes ao lado de panos verdes… São pessoas que cultuam o entusiasmo, não se limitam a irem apenas tocando a vida, mas procurando preencher cada dia com satisfações pessoais.

Se a única intimidade que você tem com a tal da velhice é a idade…  pense que tem no mínimo 20 anos pela frente e vai tratar de descobrir o que a faria ir dormir realizado a cada noite.

Como cada um  é cada um, a única sugestão é que  comece a pensar o que poderia despertar seu entusiasmo adormecido e mãos à obra. Arranje algo que lhe seja apaixonante !!!!!!

 

Comentários 6

  • Elisete Toledo02/12/2013 em 01:43

    A vida por si é apaixonante, eu gasto horas admirando uma flor, uma folha, uma fruta, afinal ha tantas coisas simples que nos fazem lembrar que estamos vivos e que a vida é bela, e como Deus cuida dos detalhes de tudo….Um luar prateado, um amanhecer reluzente, até um céu lúgubre pode ser inspirador…Mas que essa dica de ter-se um amante, também pode ser muito interessante…só que não vejo essa possibilidade há 20 anos, os homens se assustam com mulheres inteligentes,independentes por isso vivo em minha companhia há tempos….e atividade que me dá prazer são várias….pinto telas, amo cozinhar…..vou a academia no minimo três vezes por semana…leio muito….O texto é muito consistente e sem duvida que valerá a reflexão…

  • Lilian Piñero01/12/2013 em 22:48

    Oi querida Ana Amei esta publicação e fiquei feliz por saber que sempre estive no caminho certo e vamos iniciar sempre!!!!

  • Maria Aparecida Nasser20/05/2013 em 01:42

    Boa Noite! Vamos nos conhecer. Quem sabe fazemos boas amizades!

  • Cássia Daisy Balaró19/05/2013 em 23:47

    Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! Fiquei com o seguinte trecho: ” Como cada um é cada um, a única sugestão é que comece a pensar o que poderia despertar seu entusiasmo adormecido e mãos à obra”. Arranje algo que lhe seja apaixonante !!!!!!Mas o texto ,como um todo, é envolvente,motivador,esclarecedor e A p a i x o n a n t e !!! Bjs

  • Helena19/05/2013 em 21:50

    Bom lembrete. Algumas pessoas precisam ser gentilmente chacoalhadas para saírem da inércia!

  • Luana Bragança19/05/2013 em 20:47

    Achei muito bom , muito atual é um assunto que deveria ser tocado mais vezes pois ajudaria a muitas pessoas que estão vivendo nessa fase e que acham que não tem mais objetivo de vida e que a única coisa a fazer é cuidar de netos …
    Eu me entreguei na aula de dança de musicas atuais como ” gatinha assanhada” e me sinto ótima , mais sensual , mais feliz e gostando mais de mim… E o meu marido adora me ver dançar e entra na onda comigo…
    Tenho 56 anos e meu marido tem 65 . Também acho que é necessário ir ao clinico e ver a questão dos hormônios pois é essencial para nossa faixa etária pois muitas vezes a depressão e o desanimo esta relacionada a esse fator…
    Estou longe dessa velhice mau humorada estou nessa de novos-maduros felizes !!!! Buscando novos programas e realizações !!!

  • Adicionar comentário