Orquestra Jovem do Estado

Orquestra Jovem do Estado apresenta obras nórdicas na Sala São Paulo 

Sob regência de Cláudio Cruz e com solo de violino da conceituada Yuzuko Horigome, a OJE toca na Sala São Paulo e em Piracicaba peças de Jean Sibelius e Carl Nielsen

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Hoje, 28 de abril, domingo, às 21h, a Orquestra Jovem do Estado – grupo ligado à EMESP Tom Jobim, escola do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria da Cultura -, se apresenta na Sala São Paulo sob a regência de seu diretor artístico e regente titular Cláudio Cruz. O grupo também fará uma apresentação prévia com o mesmo repertório, em Piracicaba, com entrada franca no Teatro Municipal Erotides de Campos, às 21h.

O programa traz Finlândia, op.26 e Concerto para Violino e Orquestra op.47, do finlandês Jean Sibelius na primeira parte do concerto. A segunda peça tem a participação solo da premiada violinista japonesa Yuzuko Horigome, que vem ao país especialmente para as apresentações da OJE e também para master classes na sede da EMESP Tom Jobim; após o intervalo, a orquestra toca a Sinfonia n. 3 Expansiva, do dinamarquês Carl Nielsen. Além das peças terem sido escritas por importantes compositores nórdicos, as três têm em comum o período em que foram compostas: Finlândia é de 1899/1900, e as duas últimas respectivamente de 1905 e 1911.

De acordo com Renato Bandel, coordenador artístico-pedagógico da Santa Marcelina Cultura, a escolha do repertório se deve à função pedagógica do projeto da orquestra: a OJE passou por total reformulação no início de 2012, e um dos pontos estabelecidos e que estão sendo trabalhados com o grupo é o progressivo aumento da dificuldade técnica. “Neste ano, conseguimos chegar a um repertório de nível mais avançado, como é o caso da sinfonia de Nielsen e a peça de Sibelius. Em junho, incluiremos uma das sinfonias de Mahler”, completa o coordenador.

Bandel ainda ressalta a importância da violinista convidada. “Yuzuko Horigome é uma instrumentista de renome mundial, vencedora de vários prêmios, como o Concurso Rainha Elisabeth [Bruxelas], e já tocou com algumas das mais importantes orquestras do mundo, como a Filarmônica de Berlim. A ideia é dar continuidade ao trabalho iniciado no ano passado, quando o grupo se apresentou sob regência de maestros consagrados e com solistas importantes no cenário internacional ”, explica.

 

Serviço:

Foto: Divulgação

Orquestra Jovem do Estado

Dia 26/4 (Piracicaba)

Hora: 21h

Local: Teatro Municipal Erotides de Campos – Piracicaba, SP

Endereço: Rua Maurice Alain, 454

Ingressos: Entrada Franca 

Dia 28/4 (São Paulo)

Hora: 21h

Local: Sala São Paulo – São Paulo, SP)

Endereço: Praça Júlio Prestes, 16, Luz, São Paulo – SP.

 

Adicionar comentário