Merci

 

                              Loja em Paris reverte dinheiro de vendas em ajuda ao Madagáscar

Foto: Divulgação

O nome da butique da vez em Paris já agradece quem compra lá sem culpa. Chama-se Merci o espaço no número 111 do bulevar Beaumarchais e, como nas multimarcas ao redor, vende peças de grifes de luxo. Yves Saint Laurent e Azzaro se misturam com móveis garimpados pelo mundo e acessórios que criam um ambiente “modo de vida”.

Foto: Divulgação

Mas, ao contrário das “maisons” vizinhas, que cercam a Place des Vosges, a Merci quer ser mais do que bonita. Planeja ganhar dinheiro, sim, mas para ajudar o mundo. Toda a renda da loja vai para as crianças pobres de Madagáscar. A chance de fazer compras e o bem ao mesmo tempo pirou a comunidade local. E fez-se um novo conceito, o de “store solidaire”.

“Eu não finjo querer salvar todo o planeta. Busco apenas reduzir o tanto de mal que fazemos a ele”, diz a dona do lugar, Marie-France Cohen. Ela e o marido, Bernard Cohen, fundaram há três décadas a loja chique infantil Bonpoint. Em 2009, decidiram “fazer algo de concreto” da vida.

Primeiro, financiaram uma escola ao sul de Madagáscar. “Depois, vi que poderia usar o que aprendi em vida para ajudar.” E assim surgiu a loja. Bernard faleceu em 2010, mas madame Cohen segue tocando o negócio com pulso firme.

A Merci não é bazar de caridade, mas um sério projeto comercial e também uma espécie de galeria de arte. Além de decoradores, arquitetos, estilistas e designers, a loja tem até diretor artístico. O único provador é decorado com tapete persa e um enorme lustre de cristal.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

LENITA MIRANDA DE FIGUEIREDO – Paris

Fonte: Folha.com 

 

Adicionar comentário