‘Lição de Casa’

 

Quando julgamos mal as pessoas, mesmo achando que temos informações suficientes para isso, estamos sempre nos projetando nelas. Estamos falando de nós mesmos. Não raro, exercendo admiração (por incrível que pareça) e inveja por elas fazerem ou serem algo, para o que, não temos a coragem suficiente.

Quando julgamos bem as pessoas, mesmo achando que temos informações suficientes para isso, estamos sempre nos projetando nelas. Estamos falando de nós mesmos. Não raro, exercendo admiração e inveja (por incrível que pareça) por elas fazerem ou serem algo, para o que, não temos a coragem suficiente.

Quando ficamos incomodados, decepcionados ou indignados por não entendemos o outro, então está na hora de pesquisarmos, estudarmos e observarmos a si próprios. Se fizermos essa “lição de casa”, não julgaremos mais. Respeitaremos a nós mesmos e aos outros.

Quando ficamos confortáveis, ou confiantes, ou tranquilos por acharmos que entendemos o outro, então está na hora de pesquisarmos, estudarmos e observarmos a si próprios. Se fizermos essa “lição de casa”, não julgaremos mais. Respeitaremos a nós mesmos e aos outros.

Não é possível entender alguém, pode-se apenas senti-lo.

Foto: Divulgação

Adicionar comentário