Leox Carax

Nascido Alexandre Oscar Dupont em Suresnes, França, em 1960, Carax é um dos mais festejados diretores europeus das últimas décadas. Na juventude, escreveu críticas para os Cahiers du Cinéma e realizou seu primeiro curta-metragem, Strangulation blues, em 1980.

Quatro anos depois, estreou seu primeiro longa-metragem, Boy meets girl, partindo da simples história enunciada no título em inglês “garoto conhece garota”. Fotografado em preto e branco por Jean-Yves Escoffier (com quem trabalharia em seus três primeiros longas), com poucos personagens e baixo orçamento, o filme obteve considerável sucesso de crítica e bilheteria. Boy meets girl marcou também o início de sua longa parceria com Denis Lavant, ator de impressionante presença física e protagonista da grande maioria dos seus filmes.

Em 1986, Carax lançou Sangue ruim, ficção científica sobre um rapaz (Lavant) contratado para roubar a cura de uma doença transmitida através do sexo sem compromisso – numa alusão à AIDS – que se envolve numa trama romântica. Mais complexo que o primeiro filme, fotografado em cores (com intenso uso do vermelho, azul e amarelo) e pop, o filme tem Michel Piccoli, Juliette Binoche, Julie Delpy e Mireille Perrier, a garota de Boy meets girl, no elenco. Também marcante é sua trilha sonora: uma de suas mais famosas cenas é a da corrida–dança de Denis Lavant ao som de Modern Love, de David Bowie.

Com Os amantes da Pont-Neuf, Carax realizou seu filme mais ambicioso: uma história de amor entre uma pintora que está ficando cega e um artista de circo, ambos vivendo nas ruas de Paris. O filme teve seu orçamento extrapolado e levou anos pra ser concluído – com uso de cenários que reconstituíam a Pont-Neuf (a mais antiga de Paris), efeitos especiais e complexa movimentação de câmera. Considerado por grande parte do público e da crítica uma das maiores obras-primas da década de 1990, o filme nunca recuperou seu custo e, desde então, Carax passou a ter dificuldades para realizar seus projetos.

Um curta-metragem de 1997, Sans titre, encomendado pelo Festival de Cannes, foi seu retorno após seis anos afastado no cinema. No curta, bastante influenciado por Jean-Luc Godard (de quem Carax foi ator em Rei Lear), o cineasta mistura imagens de arquivo, vídeo e trechos do seu longa seguinte, Pola X, então em produção. Somente em 1999 Pola X teve sua estreia. Uma adaptação da novela Pierre ou les Ambiguïtés, de Herman Melville, com trilha do cultuado compositor e cantor Scott Walker, é o único filme de Leos Carax sem Denis Lavant no elenco. Afastado do cinema mais uma vez, Carax realizou trabalhos ocasionais (ainda assim bastante próximos de seu cinema) como videoclipes para Carla Bruni e New Order, e um perturbador curta-metragem em super 8, My last minute (2006), onde filma seu suicídio.

Merde (2008) traz Lavant como o personagem-título: um homem saído dos esgotos, atacando pedestres, comendo flores e provocando o caos. Extremamente físico e visual, o filme é um dos episódios do longa coletivo Tokyo! – que ainda traz episódios de Bong Joon-ho e Michel Gondry. Bastante provocador, o personagem M. Merde retorna no novo filme de Carax, Holy motors. Com onze personagens distintos interpretados por Denis Lavant (melhor ator no Festival de Chicago), Holy motors foi um dos destaques na última edição do Festival de Cannes, onde recebeu o Prêmio da juventude. Desde então, tem sido exibido com grande sucesso e foi escolhido pelos Cahiers du Cinéma o melhor filme de 2012.

 

FICHAS TÉCNICAS E SINOPSES:

Os amantes da Pont-Neuf (Les Amants du Pont-Neuf), de Leos Carax

França, 1991, 35mm, cor, 119’ | Legendas em português

Juliette Binoche, Denis Lavant, Klaus-Michael Grüber, Daniel Buain

Foto: Divulgação

Ambientado na ponte mais antiga de Paris, o filme é uma história de amor entre jovens errantes: uma pintora de classe média que, fugindo de um relacionamento fracassado, decide viver nas ruas para pintar o máximo possível antes que fique cega em função de uma doença, e um artista circense frustrado, viciado em álcool e sedativos. O relacionamento entre ambos evolui para a codependência, enquanto eles enfrentam a dura realidade da vida nas ruas. Vencedor do European Film Award de melhor fotografia, montagem e atriz em 1992. 

Boy meets girl, de Leos Carax

França 1984, 35mm, pb, 100’ | Legendas em português

Denis Lavant, Mireille Perrier, Carroll Brooks, Elie Poicard

Foto: Divulgação

Jovem aspirante a cineasta é abandonado pela namorada, que o troca por seu melhor amigo. Ao mesmo tempo, não consegue avançar em seus projetos e, para piorar, tem de se alistar no exército nos próximos três dias. Sem perspectiva, ele ocupa seus últimos momentos de liberdade flanando por becos escuros da capital francesa. Prêmio da Juventude no Festival de Cannes de 1984. 

Sangue ruim (Mauvais sang), de Leos Carax

França, 1986, 35mm, cor, 116’ | Legendas em português

Denis Lavant, Juliette Binoche, Michel Piccoli, Julie Delpy

Foto: Divulgação

Num futuro próximo, SBTO é um vírus mortal que dizima pessoas que fazem sexo sem amor. Marc, um homem desesperado e cheio de dívidas, se envolve numa trama para roubar o antídoto num prédio do governo. Ele pede ajuda a Alex, um rapaz divido entre duas mulheres: sua namorada adolescente Lise, e Anna, amante de Marc. Prêmio Louis Delluc 1986 e Prêmio Alfred Bauer no Festival de Berlim de 1987. 

Tokyo!, de Michel Gondry, Leos Carax e Bong Joon-ho

França/Japão/Coréia do Sul/Alemanha, 2008, 35mm, cor, 112′ | Legendas em português

Ryo Kase, Denis Lavant, Teruyuki Kagawa, Ayako Fujitani, Julie Dreyfus

Foto: Divulgação

Filme em três episódios. Em Interior design, de Michel Gondry, jovem casal tenta se acertar em Tóquio: ele ambiciona ser cineasta, enquanto ela tem a sensação de que perdeu o controle da própria vida – até que sofre uma estranha transformação. Em Merde, de Leos Carax, uma criatura misteriosa, saída de um bueiro, espalha o caos pelas ruas de Tóquio, por meio de seu comportamento provocante e destrutivo. Em Shaking Tokyo, de Bong Joon-ho, um rapaz tem sido um hikikomori (pessoa que vive totalmente isolada dentro de casa) por anos, até que uma jovem entregadora de pizza vai ao seu apartamento e um grande terremoto atinge a cidade. 

 

Adicionar comentário