Homens Elegantes

 

Não sem surpresa aplaudimos a inclusão de sete coroas na lista dos homens mais elegantes 2012 da conceituada Vanity Fair. O mais surpreendente é que todos se afastam radicalmente dos clássicos maduros. Em perfeita sintonia com o século XXI, abandonaram os grilhões da moda e tornaram-se elegantes através do estilo individual. O chique é ostentar a essência através das roupas, combinarem a personalidade ao visual. Claro que as tendências da moda devem ser observadas. Mas entrar numa tremenda loja de grife, gastar uma fortuna e ser um estranho para si mesmo… nada mais “out”.

 

Um dos escolhidos foi o gatoso Bill Cunningham, fotógrafo e colunista da New York Times. No alto dos seus 83 anos, ele dá show de charme não só nas suas roupas super transadas, como também no seu estilo de vida. Trocando o carro por uma bicicleta Schwinn, o vovô “antenado” que compra simpáticos blazers em brechós, faz parte do novo movimento vintage que está no pico da onda.

Foto: Divulgação

Outro apontado no rol dos elegantes é Morley Safer, correspondente do programa 60 minutes e com… 82 anos de idade. Misturando artesanato, alfaiataria e peças de brechós, é mais um participante do movimento “old is beautifull”.

Foto: Divulgação

Robert Rabensteiner, editor de moda da l´Uomo Vogue, conquistou seu lugar na seleta lista da Vanity Fair, mostrando que a inclusão de algo brega no visual, pode ser algo extremamente elegante.

Seu estilo vintage reflete-se também no seu Rolls Royce Silver Shadow, no seu bar de preferência, o clássico Harry de Veneza e no Ritz, seu hotel queridinho em Paris. Vintage caro, cá entre nós.

Foto: Divulgação

Arpad Bousson, financista frances cinquentão, arrebata suspiros pelo seu charme e aplausos em seu envolvimento filantrópico.

Num evento seu em Londres, onde a Princesa Kate e o consorte William estiveram presentes, foram arrecadados R$ 17 milhões a serem destinados a projetos de saúde infantil no Reino Unido e no exterior.

Foto: Divulgação

O sexalescente Jean Pigozzi, outro coroa incluído na sofisticada lista é o maior colecionador de arte contemporânea africana do mundo e já começou a arrecadar obras de jovens artistas japoneses.

Seu lado filantrópico volta-se para investigações na botânica e na marinha. Fotógrafo conceituado, já mereceu exposições inclusive em Berlim e em Moscou.

Foto: Divulgação

Da realeza, o interessante príncipe Henrich Von Und Zu Furtemberg testemunha com sua indicação, que charme e elegância são atemporais.

Foto: Divulgação

Na área de cinema, as fãs de jovens atores podem se frustrar. Richard E. Grant, com  seus 55 anos de idade, foi considerado um dos 2o homens mais elegantes de 2012.

Foto: Divulgação

 

Adicionar comentário