“Grandes viagens”

As mais espetaculares viagens pelo mundo em um só livro!

Grandes Viagens, novo livro da Lonely Planet publicado pela Globo Livros, reúne mais de 70 rotas surpreendentes inspiradas por grandes descobridores, escritores, peregrinos e aventureiros.

Jornadas incríveis realizadas por figuras como Vasco da Gama em busca das Índias, ou Alexandre, o Grande, para construir seu império, a atribulada volta para a ilha de Ítaca feita por Odisseu na obra de Homero, as disparidades sociais vivenciadas por Che Guevara em sua jornada de motocicleta pela América Latina, e tantas outras expedições de desbravadores famosos, anônimos, reais ou fictícios que marcaram a história de toda a humanidade.

Foto: Divulgação

Grandes Viagens, lançamento da Globo Livros, convida ao desbravamento dessas rotas, das mais conhecidas até algumas pouco percorridas. Ilustrado com belas fotos que mostram a vida em diversos pontos do planeta, a publicação sugere ao leitor destinos clássicos, muitos deles inspirados em jornadas que marcaram o mundo num tempo em que ainda era um grande horizonte desconhecido (algumas rotas comerciais citadas datam de 200 a.C.).

O livro é dividido em sete capítulos: Por TerraDe TremExploradores e ConquistadoresRios e Mares, Antigas Rotas ComerciaisJornadas LiteráriasNa Estrada Caminhadas e Peregrinações. Em cada roteiro, o leitor recebe informações sobre o comprimento total do percurso, os países visitados ao longo da viagem, a duração ideal para explorá-la, a melhor época do ano para o passeio, além das condições atuais da rota. O viajante pode, inclusive, aproveitar as dicas de filmes e livros que a publicação traz em cada capítulo para embarcar ainda mais na viagem.

Foto: Divulgação

Com essas informações o leitor é convidado, por exemplo, a percorrer a Rota Maia e descobrir o legado deixado por esta próspera civilização no México, em Belize e na Guatemala. A viagem que originou a própria Lonely Planet também está no livro, a Trilha Hippie, muito procurada por quem, nos anos 1970, buscava sexo, drogas, gurus e aventura saindo da Inglaterra até chegar à Índia – assim como fizeram Tony e Maureen Wheeler antes de criar a marca.

Entre os trens célebres, um convite para desfrutar da vista do Expresso das Geleiras, na Suíça, num dos mais belos trajetos ferroviários do mundo, ou para cruzar a Europa no Expresso do Oriente, além da ferrovia Transiberiana, pelas geladas latitudes da Rússia.

Foto: Divulgação

Há ainda o luxuoso Pride of Africa, que leva os mais requintados viajantes da África do Sul à Tanzânia com tratamento cinco estrelas e o menos convencional Eastern & Oriental Express, que avista, de suas janelas, incríveis paisagens do sudeste asiático entre a Malásia e a Tailândia.

Nas rotas de desbravadores, é possível sair do comum seguindo a trilha de Abu Abdullah Muhammad Ibn Battuta, conhecido como o “Marco Polo islâmico”. Durante três décadas ele viajou, saindo do Marrocos (sua terra natal) em direção a Meca, para depois partir para o Egito, cruzar o Mar Vermelho e conhecer Iraque, Pérsia e depois adentrar a Somália até chegar ao Golfo de Aden, no Chifre da África.

Opções para dar a volta ao mundo também são citadas no livro, que inclui as rotas de Fernão de Magalhães (a primeira circum-navegação mundial) e até mesmo a viagem planejada por Amelia Earhart, que sonhava ser a primeira mulher a voar ao redor de todo o globo – até desaparecer sem deixar rastros em um voo derradeiro.

Foto: Divulgação

Rios e Mares também são fontes de inspiração para aventuras memoráveis, como viajar no tempo cruzando o Nilo, atravessar os 2.500 km do sagrado Ganges, na Índia e também passar uma semana no maior rio do mundo, percorrendo o trecho do Amazonas entre Manaus e Belém. Quem prefere experiências mais longas pode percorrer a lendária Rota de Marco Polo, indo da Itália à China, ou os 8 mil km da Rota da Seda, cruzando o Quirguistão, Uzbequistão, Turcomenistão e o Irã.

A volta ao mundo em 80 dias, de Julio Verne, também faz parte do roteiro de Grandes Viagens. A seção Jornadas literárias ainda convida a conhecer os Estados Unidos de Tom Sawyer e o Rio Congo segundo O coração das trevas, de Joseph Stevenson. Sem falar nas emblemáticas rodovias da seção Na Estrada, como a Rota 66, a “mãe” de todas as road trips, o traçado original do Rali Dakar, perpassando o deserto do Saara, e a imensa Rodovia Pan Americana, para uma viagem com origem no Alaska e chegada em Buenos Aires, Argentina.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

 

 

Adicionar comentário