Gipsy, a “super-porca” de estimação da Maria Eugenia

Gipsy a Porca
AS AVENTURAS DE GIPSY

Gipsy é um dos muitos animais de estimação da Maria Eugenia. E nossa MacGyver brasileira também faz coisas inimagináveis para manter a responsabilidade que assumiu quando comprou a porquinha para dar de presente ao neto. Veja os detalhes dessa história na reportagem que foi ao ar na TV Band, dentro do telejornal Café com Jornal. É só dar play no vídeo, aí embaixo!

 

E se quiser saber mais ainda, conheça os livros As Aventuras de Gipsy e A Porca e Eu, ambos da Escritora e Amante da Vida, Maria Eugenia. Eles estão à venda aqui no site!

Compre essa história e ajude a compartilhar a ideia da posse responsável dos animais de estimação. Essa é uma das causas a que Maria Eugenia se dedica e para a qual gostaria de contar com a ajuda de todos.

 

Gipsy              

 

 

É possível ter um porco de meia tonelada como pet?
A advogada e escritora Maria Eugenia Cerqueira nunca tinha pensado nisso, mas teve que encontrar respostas para todas as perguntas possíveis e também para as impensáveis: como se comunicar com um bicho de 500 quilos que pode ficar doente, precisar de atendimento veterinário e medicamentos? Como alimentar e quanto vai custar satisfazer o apetite de alguém tão grande? Onde ela vai dormir? Quanto tempo pode viver um porco em cativeiro, longe dos abatedouros?
E pensar que tudo começou com uma avó querendo realizar o desejo do neto de ter um mini porco. Eugenia foi enganada pelo vendedor, mas assumiu a responsabilidade sobre o animal que comprou. Com todos os ônus e os bônus do pacote.
Essa história foi contada no livro “A Porca e Eu – ou como ganhei um presente de peso”. E agora, em primeira pessoa, a própria Gipsy narra sua versão da história em “As Aventuras de Gipsy”, um livro para crianças de todas as idades. Como uma versão atualizada do “patinho feio”, a porca que cresceu demais mostra a importância do amor aos bichos, da aceitação do que é diferente e da responsabilidade que todos temos com os animais que adotamos.
Ah… e tudo isso temperado pelo humor inteligente e pela auto-ironia de uma escritora corajosa, que se lança neste novo desafio aos 70 anos de idade.

E você, também tem ou teve uma história de amor com um animal de estimação como Gipsy, a Porca? Escreva abaixo, nos comentários, o seu relato. Vamos adorar conhecer os leitores do site e seus adoráveis animais de estimação.

Adicionar comentário