Enotria

 

“Nunca ponho na lista, um prato de que eu não goste”. Esta frase, dita calmamente, é talvez a chave para uma melhor compreensão da maneira de Joachim Koerper estar na vida e na profissão.

Foto: Divulgação

Em Março de 2012 Joachim chegou ao Brasil para lançar o restaurante Enotria por Joachim Koerper, situado no Rio de Janeiro – Barra da Tijuca, no CasaShopping. A marca registrada do chef, na nova empreitada, será a utilização de produtos mediterrâneos e contemporâneos. A cozinha de autor de Joachim terá uma pitada de brasilidade, o que garante requinte, com sabor e textura

Joachim

apurados. Alguns ingredientes verde-amarelos como a manga, maracujá, banana, carnes, peixes, cumaru (uma semente proveniente do Pará, semelhante à baunilha) são os preferidos do chef e estarão presentes no menu.  Segundo ele, a trilha, a cavaquinha, as ostras, o bacalhau e o foie gras estrelarão o menu do novo restaurante, em pratos requintados e saborosos. 

Para começar, sugestões inusitadas de entrada, como a salada de camarão com raviole de manga e vinagrete de tamarindo; canneloni de foie gras com tangerina com chocolate e financier de café; horta de legumes em três texturas, com cavaquinha e seu vinagrete; creme frio de abóbora com panna cota de amêndoa. Alguns pratos principais ganham destaque de brasilidde, no menu de Joachim, como é o caso do risoto com coco, caril de Madras e camarão; trilha sobre cama de espinafres e cenoura ao molho de maracujá; tartare de filet mignon sobre rosti de mandioquinha e sua pequena salada; vitela de leite em baixa temperatura com raviole de fondue de tomate e manjericão. Para fechar com chave de ouro, destacam-se a trilogia de abacaxi ou ainda o soufflé  de maracujá com sorbet de banana. Além do menu do Enotria por Joachim Koerper, o chef ainda oferece menus harmonizados com rótulos especiais.

Na bagagem, o chef trouxe alguns profissionais fundamentais para a engrenagem perfeita da nova casa. O somelier Jorge Nunes e o sus chef Bruno Augusto, ambos portugueses, são de total confiança do chef  e chegam para ajudar nos padrões europeus do restaurante carioca. Jorge esteve por três anos no Eleven, de Lisboa, à frente da carta de vinhos. Com vasta experiência no assunto, promete trazer grandes rótulos que harmonizarão perfeitamente com a cozinha de Joachim. Serão em torno de 250 rótulos acondicionados em adega climatizada com capacidade para 500 rótulos. O sus chef Bruno Augusto já trabalhou em diversos restaurantes, ao longo da trajetória de Koerper e saberá elaborar, na íntegra, as idéias e invenções do chef estrelado. Sorte dos comensais que poderão experimentar sensações diferentes e atendimento de primeiro mundo, na primeira empreitada brasileira do chef Joachim Koerper.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

 

Adicionar comentário