Dia dos Namorados

 

 

Foto: Divulgação

Chegando o Dia dos Namorados, começa o frisson em tudo quanto é lugar. Corações e cupidos tomam conta das vitrines. Restaurantes piscam para os pombinhos bolando os mais mirabolantes cardápios. Motéis então garantem o clima para que a noite seja absolutamente inesquecível. Na medida em que crescem os apelos, aumenta a frustração incondicional de quem não tem seu par para dividir as maravilhas prometidas.

Foto: Divulgação

 

As solteironas convictas tratam de inventar programas onde a solidão não tenha espaço. Comprar um presente para si mesmo, encher a casa de flores, sair com amigos também solitários e por aí vai.

Para a turma que já viveu tantos e tantos dias dos namorados é um alívio sentir que é um desgaste a toa deixar-se levar pela tristeza de estar sem par. A maturidade tira do nosso peito as angustias desnecessárias. As que têm seus affaires, podem até deixar se envolver pelo clima e achar graça em inventar alguma novidade para o apelativo dia. Mas as que por qualquer razão estejam desemparelhadas, dificilmente a data fará escorrer meia lágrima do coração. Quando muito agradecem à nova fase por não pertencerem mais ao grupo das desesperadas encalhadas de plantão.

A esta altura dos acontecimentos, já receberam e deram tantos presentes que é até com certa alegria que pulam a vez de queimar as pestanas no afã de surpreender o parceiro. Mas também não é o caso para desqualificar a data. Ficar criticando o lado comercial é rabugice explícita, coisas do velho clássico. Afinal de contas as cidades estão em festa e é sempre bom participar do clima de “oba oba”. Os amantes da vida adoram festividades, pois nelas está a integração com a existência. Claro que sair para apreciar os casais que neste dia juram estar ao lado da alma gêmea é a maior furada e nada a ver.

Já que é para participar, que inventem algo que seja muito criativo e divertido. Homenagear a atual paixão é tudo de bom. Você fica  enlouquecida com seus netos? Nada melhor do que tornar sua casa o show room no dia dos namorados e inventar uma festa de pijama para a turma, com direito a cup cake e bolos de coração.

Juntar amigos e promover um concurso para premiar o que trouxer o prato mais criativo… pura farra. Ideias não faltam e é inadmissível não se ter uma paixão qualquer, pois é este o sentimento que move os que amam viver.

Foto: Divulgação

Ser jovem, magra e sem rugas é muito bom. Mas na medida em que estas aumentam, diminuem as bobagens que causam as rugas internas. Já que não estamos mais no auge do frescor, temos mais é que valorizar o que conquistamos – um coração que já reconhece o que realmente vale a pena na vida. Que venham muitos mais dias dos namorados pela frente e que nos encontrem sempre apaixonadas pela vida!!!!!!

 

Comentários 2

  • Flora12/06/2013 em 22:15

    Adorei esse texto!!!!!

  • Cássia Daisy Balaró11/06/2013 em 10:10

    Adorável o texto! A verdade é : Independente da data,da idade ,enfim…o texto passa com leveza e transparência o significado e o “buumm” do dia dos namorados,ressaltando a importância que é nos apaixonar por algo nesta vida! Parabéns…….

  • Adicionar comentário