Durban

ÁFRICA DO SUL – DURBAN 

Foto: Divulgação

Durban fica localizada na província de Kwalazulu-Natal. Trata-se de uma cidade com atmosfera jovem e descontraída, onde o excelente clima e as belas praias são consideradas um dos seis principais atrativos. Durban é a cidade mais vibrante da costa leste. 

Cidade sofisticada e cosmopolita, onde a cultura Zulu é muito marcante em todos os lugares. Além dos Zulus, você encontrará muitos europeus, em sua maioria britânica e também muito indiana, considerando que é em Kwalazulu-Natal que vive uma das maiores comunidades indiana fora da Índia. 

Foto: Divulgação

As praias garantem a diversão durante os dias ensolarados. Nas famosas ondas de Durban são realizados diversos campeonatos mundiais de surf. Quando a noite cai, o agito fica por conta das casas noturnas, boates, restaurantes, teatros, shows de música e as tradicionais apresentações de dança tribal Zulu, com o moderno e autentico estilo africano. 

A diferença de fuso horário é de cinco horas à frente do Brasil. Os brasileiros não precisam de visto para entrar na África do Sul. É necessário apenas o certificado internacional de vacinação contra febre amarela. É solicitada também uma página inteira em branco do passaporte, já que o selo de entrada no país ocupa uma página inteira. 

A unidade monetária é o Rand, cujo símbolo é o ZAR. As moedas estrangeiras podem ser trocadas nos bancos locais, aeroportos e hotéis. Facilita levar numerário em dólar, pois a troca é vantajosa. É costume nos restaurantes não cobrar gorjeta, mas 10 a 15% do valor pago são sempre deixado pelo cliente, pelo serviço. 

Turistas estrangeiros podem solicitar o reembolso do Vat, imposto agregado cobrado na maioria das compras, quando estas excedam R250,00. Como em outros países, a taxa é reembolsada desde que o recibo e a mercadoria sejam apresentados no aeroporto, no dia de retorno ao Brasil. 

Foto: Divulgação

A voltagem na África do Sul varia de 220 a 230 v. A maioria das caixas tem três pinos, mas as tomadas menores, com dois pinos ainda são usadas. Os hotéis de modo geral fornecem adaptadores.

São raros os estabelecimentos que possuem Internet free. Mesmo em aeroportos, hotéis, cafés e lojas são cobrados o serviço.

Todos os visitantes que pretendem dirigir precisam ter uma carteira internacional de habilitação. A mão é inglesa, portanto muito cuidado deve ser tomado por quem não estiver habituado ao sistema. 

Em Durban há diversas atrações que devem ser visitadas, enumeradas a seguir. 

  1. Usahaka Marine World – centro de entretenimento com mais de 15 hectares de frente para o mar. Funciona como um complexo de restaurantes, bares e entretenimento para famílias, como o Se World e o Dolphin World, com aquários com muitos golfinhos, tubarões, focas e pingüins, sendo possível nadar e fazer snorkel em alguns tanques;
  2. Estádio Moses Mabhida – grande arena multifuncional com capacidade para 70 mil pessoas, construído no local do antigo Kings Park Stadium, sede de uma das semifinais da Copa do Mundo de 2010. Tem opção de visitas monitoradas e também um bonde do lado de fora que permite admirar a paisagem;
  3. The African Art Center – Golden Mile é uma área de diversão que se estende por 6 km beirando as principais praias de Durban. No sentido norte-sul, o turista passa pelas praias de Battery Beach, Bay of Plenty, Dairy Beach, Wedge Beach, Addington Beach e South Beach. Nesta orla ficam os hotéis de luxo, bares e restaurantes o Snake Park, o Surf Museum, o Mini-Town, a estátua de Bartolomeu Dias e a Funworld, com brinquedos e teleférico. Nesta área circulam os Zulus Rikshas, homens com seus veículos (uma espécie de charrete) totalmente decorados e enfeitados, que levam os turistas para passear por todo o trajeto.
  4. Grey Street – em Durban a cultura indiana tem uma forte presença. A Grey Street é um distrito indiano sendo o melhor lugar para apreciar a culinária forte e apimentada da Índia. É nessa rua que fica localizada Juma Musjid, a maior mesquita do hemisfério sul. Aproveite para comprar especiarias locais e tecidos indianos, com destaque para as lojas do Victoria Street Market (entre Grey e a Russel Streets).
  5. Suncoast Casino & Entertainment (Shopping Center) – De frente para o mar, localizado ao longo da chamada “Golden Mile” – extensão de praias na costa de Durban – o cassino Suncoast propõe diversão para a família toda. São máquinas de jogos, mesas de apostas e uma sala exclusiva para quem deseja fazer lances ou apostas. Além disso, contam com 12 restaurantes, oito salas de cinema, uma danceteria, um bar e muita diversão para as crianças.
  6. Gateway Shopping – lugar onde o turista  pode fazer compras e praticar esportes radicais. O Gateway Shopping, maior centro de compras do hemisfério sul, chamado “Teatro de Compras” é moderno e elegante, com 70 restaurantes, 18 salas de cinema incluindo a maior tela não – IMAX do mundo, pista de skate estilizada por Tony Hawk, montanha para escalada e surf em ondas simuladas. 

Bons restaurantes também são disponíveis: Piatto, no hotel Southern Sun North Beach, Olive and Oil – Glenwood, Movo’s, Quarter Deck, Spiga D’Oro e para quem apreciar cozinha japonesa, o Daruma. 

Apesar de menos conhecida que Cape Town, Burban encanta os visitantes e deve fazer parte do roteiro de quem quer conhecer mais sobre este continente maravilhoso que é a África.   

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Dicas sugeridas pela Xtravel empresa que leva grupos de corredores da Comrades.

 

Adicionar comentário