Cuidado com as dietas no Inverno

Emagreça no frio com uma alimentação balanceada e enfraqueça os vírus e bactérias que podem acometer seu organismo nesse período 

O inverno está se aproximando e os cuidados com alimentação devem ser redobrados. Neste período, ficamos propensos a infecções, principalmente as respiratórias. Para evitar que isso aconteça, devemos ter uma dieta equilibrada e garantir os nutrientes necessários para a formação de células e outras substâncias envolvidas no nosso sistema de defesa. Mas, para quem está de regime, o frio pode se tornar um grande vilão.

Foto: Divulgação

Com o tempo mais seco e gelado, o nosso organismo gasta cerca de 10% a mais de energia para produzir calor e manter a temperatura corporal. Dessa forma, o corpo demonstra sinais de fome, principalmente por pratos calóricos. O ideal é realizar de cinco a seis refeições distribuídas durante o dia, pois ajuda na sensação de saciedade e evita o gasto energético excessivo.

“A dieta balanceada é um fator importante para a manutenção das defesas do organismo. Uma alimentação que dispensa frutas e verduras pode ter um impacto negativo na renovação celular, principalmente, nas células de defesa chamadas linfócitos T, que atuam em casos de infecções e inflamações, defendendo o nosso corpo”, afirma a endocrinologista Alessandra Casagrande.

Foto: Divulgação

Uma tendência comum no inverno é consumir pouco líquido, no entanto, ele é necessário para o bom funcionamento do corpo. Além da água, podemos ingerir sucos e bebidas de ervas, como os chás verde e branco. “Quem pretende emagrecer com saúde, deve evitar chocolate e alimentos ricos em açúcares e gorduras, pois contribuem na queda da imunidade e o aumento de gordura corporal, dê preferência às sopas”, alerta a Dra. Alessandra.

A prática de atividades físicas também é fundamental. Exercícios aeróbicos, como a caminhada, corrida ou bicicleta, são opções para evitar o ganho de peso durante o período, já que a ingestão de doces e massas podem ser maiores que em outras estações do ano. Além, de estimular o sistema imunológico, criando uma resistência maior contra as infecções e gripes.

 

Adicionar comentário