Costanza Pascolato

 

Costanza Pascolato, você sabe, é empresária, ícone do bem vestir e colunista da Vogue. Por aqui, ela atende por um dos maiores nomes da moda brasileira; lá fora, começa a ganhar maior atenção dos blogs de streetstyle e outras mídias internacionais. 

Durante passagem on duty para a Vogue por São Paulo, a fotógrafa francesa Garance Doré se encontrou com ela para uma conversa – que, claro, foi seguida de sessão de fotos nas ruas da cidade – na qual Costanza deu detalhes de seu estilo très chic, dando continuidade à seção My Essencials da blogueira. 

 

Foto: Divulgação

 

1. Suas capas são uma marca registrada de elegância, porém funcional. “Eu sempre uso capas, pesadas ou leves, pois, na minha idade, elas deixam o look mais polido. Miu Miu, Prada, o novo Belstaff e um dos meus favoritos é um antigo Dolce & Gabbana. Para paletós, gosto da Givenchy.”

2. Ela corta e retoca o tom castanho de seu cabelo em Paris. Sempre. “Meu amigo Rodolphe, do Coloré par Rodolphe, é quem faz [a cor]. Nos conhecemos a 15 anos. É o mesmo com Delphine Courteille, ela corta meu cabelo.”

3. Para comprar moda praia, Lenny é sua marca favorita. “Clássico, elegante e icônico”, em suas palavras. Para roupas íntimas, ela recorre à La Perla.

4. Ela faz pilates todos os dias. “Eu venho praticando há 12 anos. Por sorte, tenho um dos melhores estúdios de São Paulo, Centro de Ginástica Postural Angélica, a dois quarteirões de minha casa.”

5. Ela é uma boa consumidora de fast-fashion. Costuma procurar por peças “simples, clean e bem cortadas” na Cos e J.Crew, onde também adora comprar jeans. “E elas não tem que durar para sempre! Na minha idade (vou fazer 73 anos), eu preciso misturar coisas mais baratas com luxuosos para ficar bem.” E tem mais: “Às vezes, faço alguns ternos sob medida com um jovem alfaiate chinês em São Paulo. Não são caros. E que prazer!.”

6. Costanza gosta de sapatos de salto alto, mas não os usa com frequência. Seus pares? “Valentino, Manolo Blahnik, flats da Repetto e outros extraordinários da Prada. É difícil para mim usar salto alto atualmente – meus pés doem!”. Para combinar, calças de comprimento mais curto. É que ela gosta de mostrar os tornozelos.

7. Seu relógio é um só: “Um modelo Rolex dos anos 60″.

8. A beleza dela é feita com pouco. Nos lábios, o batom Spirit da M.A.C; no rosto, maquigem Clinique; no corpo, o luxuoso creme hidratante La Mer. Para finalizar, o perfume Eau du Soir da Sisley.

9. Nos acessórios, o exagero é um fator positivo. “Eu amo joias H.Stern, especialmente as que eu desenhei com a equipe de criação deles. Eu amo as bijuterias da Prada e Francesca Romana Diana (do Brasil). Eu amo quando elas são exageradas.”

10. A vida é sua inspiração, diz Costanza. “Tive sorte de nascer na primeira metade do século vinte e e ter vivido os tempos mais incríveis, de mudanças rápidas. Sou sortuda de ainda ser tão ativa e ter a oportunidade de me fascinar pelo novo. O bom e o ruim, pessoas e fatos.”

 

Foto: Divulgação

 

Fonte: Garance Doré

 

Comentário 1

  • Cintia Yuri31/05/2013 em 00:44

    Parabéns, Costanza, por nos presentear com a sua refinada sabedoria e nos inspirar com a sua madura autenticidade, pois é algo em você, que nem precisa tirar do guarda roupa, que a faz tão elegante. Abraço. Cintia Yuri.

  • Adicionar comentário