Cosméticos

 

                                                      COSMÉTICOS- A CULTURA DO BEM ESTAR?

Foto: Divulgação

A modernidade trouxe com ela uma avalanche de produtos poluentes no ar e de ação direta nas partes do corpo mais expostas; rosto, braços, pernas. As grandes mudanças ambientais tiveram  reflexo direto na pele. Enquanto os nossos órgãos internos tiveram a proteção do nosso maior órgão, a pele, que sofrerá as mudanças encurtando a sua vida. Mais do que certo, que o uso massificado de produtos cosméticos neste século passou do conceito decorativo a elemento de primeira necessidade, e ainda faltam incentivos para colocar o cosmético dentro até da “cesta básica”.

“O que é um cosmético? Cosméticos são substâncias, misturas ou formulações usadas, para melhorar e para proteger a aparência ou o odor do corpo humano. Pasta de dente, xampu, protetor solar, sabonetes e muitos outros, cada um com uma função específica. Há 100 anos não tinha pasta de dente, imagine hoje sair sem escovar os dentes ou lavar a cabeça com sabonete. Os depósitos de poluentes não podem ser retirados mais dos cabelos ou da face só com água e sabão.

Cuidar da pele remonta a tempos pré-históricos onde as mulheres e homens das cavernas fizeram todo o possível para sobreviver às piores condições climáticas, sem a defesa que hoje temos á mão.

Diferente de hoje, a pele era áspera o suficiente para lutar contra as condições climáticas, mesmo assim, gorduras animais eram colocadas sobre a pele como proteção. Os jardins egípcios continham plantas especiais para controlar o envelhecimento. A Cleópatra considerou Aloe Vera (babosa) como o mais valioso material para tratar a pele. Chamada planta da imortalidade e até hoje faz parte de inúmeras formulações de cosméticos.

Cada vez um maior número de pessoas se convence de que cuidar integralmente da pele, órgão vital mais extenso e mais exposto, com cosméticos é obrigatório. As pessoas que se gabam de “eu não uso nada” irão pagar um tributo muito alto, não só pela aparência de envelhecimento, mas da deterioração das funções da pele. Os cuidados são instrumentos básicos para preservação da estrutura da pele. Grandes pesquisas são feitas para adaptação de fórmulas ligadas ás características biológicas do tegumento.

Quanto mais poluentes no ar, mais precisamos substituir a falta de nutrientes e melhorar o sistema de oxigenação para manter o teor hídrico estável. As pesquisas vão se adaptando à falta dos elementos vitais responsáveis pela saúde da pele e assim às novas descobertas chegam as formulações modernas fornecendo o que falta. No último encontro da FCE foram discutidas as principais tendências mundiais em produtos cosméticos e de cuidados pessoais, como o estudo do genoma e da longevidade humana.

O tema desta edição foi Cosmetologia Globalizada – Percepção Além da Tecnologia. “É extremamente gratificante, uma sensação de dever cumprido. O que nos deixa ainda mais contentes é que, além do sucesso do Congresso, a visitação de nosso estande foi excelente, com muitos associados e profissionais procurando mais informações sobre as atividades da Associação”, avaliou Alberto Keidi Kurebayashi, presidente da ABC. Sem saber quais os produtos eu deveria escolher, entre tantos lançamentos, pensei nas novidades.

A maior novidade é um ativo cosmético capaz de proteger e vitalizar as células-tronco da derme humana. O ativo resume-se na cultura de células tronco do Argan, que proporciona o rejuvenescimento profundo da pele através da restauração da firmeza e da redução das rugas. Os carecas podem descansar com o lançamento do Capixyl, um ativo capilar para o tratamento da calvície a base de um peptídeo biométrico com extrato de trevo vermelho que estimula o crescimento capilar com eficácia superior ao Minoxidil.

O Resistem, um novo ativo anti-sinais, desenvolvido através de uma nova tecnologia, na qual uma cultura de células-tronco vegetais é submetida a diferentes condições de stress e reagem formando substâncias de interesse devolvendo a juventude da pele.

Conclusão desde uma simples higiene até  o rejuvenescimento, o cosmético veio para ficar e nos dar a oportunidade de finalmente achar a fonte da juventude.

Foto: Divulgação

 

 

 

Comentário 1

  • Suzi25/06/2012 em 21:43

    Informacoes muito interessantes

  • Adicionar comentário