Comida di Buteco

 

Concurso Comida di Buteco – 2012 

Entre os dias 1º de junho e 1º de julho, o concurso Comida di Buteco organizou um júri para eleger o melhor boteco da cidade. O público frequentador participou da escolha e o resultado foi divulgado dia 13 de julho. 

Com a análise de um total de 50 mil votos, o ganhador do prêmio de melhor bar de São Paulo foi o Bar do Magrão com o escondidinho de bacalhau. O prato, que custa R$ 30, é uma versão especial do bacalhau à Gomes de Sá. 

O segundo lugar ficou com o “bacaninho” do Tiro Liro, seguido da porção de panceta crocante (barriga de porco frita) do Lewis Bar.

Foto: Divulgação

“Há séculos, o boteco faz parte da paisagem de nossas cidades. Mas por ser um espaço de comércio popular, não despertava a atenção necessária e, portanto, vivia à margem da sociedade. Quando o Comida di Buteco começou em Belo Horizonte, foi como se colocássemos um holofote sobre toda a riqueza da culinária de raiz da nossa região e destes estabelecimentos que tem, em sua maioria, uma história familiar por trás. Isso mudou a forma como as pessoas viam o boteco, e, junto a esse carinho para o qual a população se despertou, os estabelecimentos também tiveram a oportunidade de se profissionalizar e de se tornar sustentável, sem deixar de lado sua essência”, diz Eduardo Maya..

A paixão do carioca Eduardo pela culinária começou na adolescência, quando viveu em Londres, na Inglaterra. Aos 17 anos já preparava cordeiros para a família aos finais de semana. Formou-se em matemática, voltou ao Brasil e trabalhou na área financeira da Petrobrás. 

Alguns anos depois, Eduardo abandonou a carreira e mudou-se para Belo Horizonte, em Minas Gerais. Na Radio Gerais FM passou a apresentar um programa diário com informações sobre gastronomia. 

Os estudos de criador do Comida di Buteco buscam compreender a diversidade da gastronomia mundial e incluem viagens por vários continentes. Seu objetivo: difundir esta grande arte que é a culinária de raiz. Há algum tempo, Maya tem visitado em média mil botecos por ano, experimentando todo tipo de receitas e conhecido a história de cada dono de boteco.


Serviço:

Bar do Magrão
Horário de funcionamento: de terças às sextas, das 17h às 24h; sábados, das 12h às 24h; domingos, das 12h às 22h.
End.: Rua Agostinho Gomes, 2988/2996 – Ipiranga.

Foto: Divulgação

 

Tiro Liro
Horário de funcionamento: de segundas às sextas, das 17h às 24h; sábados, das 11h30 às 18h.
End.: Rua Cotoxó, 1185 – Perdizes.

Foto: Divulgação

 

Lewis Bar
Horário de funcionamento: de segundas aos domingos, das 11h às 23h30.
End.: Rua Crasso, 140 – Lapa.

Foto: Divulgação

 

Fonte: comidadibuteco.com.br

 

 

Adicionar comentário