Charme sessentinha

 

SETE DICAS PARA VOCÊ ATUALIZAR SUA PRODUÇÃO COM CHARME SESSENTINHA

A década de 1960 é a nova queridinha da moda internacional. Lá fora, nas principais capitais – Nova York, Londres, Milão e Paris – revisitaram o período em silhuetas, estampas, cores e comprimentos. Nem a beleza dos desfiles escapou aos encantos dos anos do Swinging London.

Comprimento – Símbolo dos anos 1960, a minissaia foi criada pela inglesa Mary Quant e se tornou um daqueles itens que nunca saem de moda. Na passarela da Balmain, em Paris, a peça ganhou acabamento de couro e a companhia de um poderoso cinto bordado. Combinação perfeita para as fashionistas ousadas que não tem receio de colocar as pernas à mostra.

Foto: Divulgação

Estampa – As formas geométricas foram o print da vez no período – melhor ainda se surgissem em preto e branco. Ninguém reproduziu a tendência com tamanha perfeição como o norte-americano Marc Jacobs, que apostou na dupla para produções modernas e de efeito óptico artsy.

Foto: Divulgação

Cores – Esqueça tons neutros e cores pastel: as nuances vibrantes ditam o tom da estação. Invista em pink, azul turquesa, laranja e vermelho como fez o londrino Matthew Williamson.

Foto: Divulgação

Shape – Inúmeras são as grifes que ainda investem no infalível vestido tubinho. Herança da década de 1960, a peça de silhueta reta foi um dos principais destaques do desfile de Michael Kors, que reuniu as formas enxutas com o minimalismo dos anos 1990 para os tempos atuais.

Foto: Divulgação

Mood da estação – Pierre Cardin e André Courrèges foram os grandes nomes do período. Influenciados pela corrida espacial realizada entre Estados Unidos e União Soviética em meio à Guerra Fria, eles se tornaram expoentes do futurismo, vertente vanguardista da moda fã de roupas de corte inusitado e cores metálicas. Nicola Formichetti, estilista no comando da Mugler, revisitou as formas do período em seu desfile na Semana de Moda de Paris.

Make – Dê um up na beleza de todo dia com cílios enormes – a base de muito rímel, à la Twiggy, ou com a ajuda de postiços -, e sombra esfumada na pálpebra. A Gucci não abriu mão da fórmula sessentinha e fez bonito em Milão.

Foto: Divulgação

Cabelo – Volume, volume e mais volume. O truque da década eram os penteados repletos de volume no topo, como eternizou a atriz e musa fashion Brigitte Bardot. O spray de fixação foi item essencial nos bastidores da apresentação de verão da Moschino: não faltaram modelos com fios nas alturas.

 

Fonte: elle.abril.com.br

Adicionar comentário