Bibi Ferreira

 

Prestes a completar 90 anos em junho, Bibi Ferreira nem pensa em parar- tem dois teatros para inaugurar, show em Nova York para fazer e um CD com músicas natalinas para lançar. A grande diva dos nossos palcos fará duas longas temporadas no Rio de Janeiro e em São Paulo, de três meses cada, com Bibi, um apanhado de todos os espetáculos que já fez. Em 2013, ano que marca os 50 anos da morte da cantora francesa Edith Piaf, ela sobe novamente aos palcos para uma turnê de músicas da musa francesa. 

Como está se preparando para voltar aos palcos?

Tenho acordado mais cedo; não posso mais me dar ao luxo de levantar por volta de meio-dia como antes. Tenho que preparar a voz para ensaiar o show com tranqüilidade diariamente.

Como serão as comemorações dos 90 anos?

Além dessas duas temporadas com direção do jovem João Falcão, em junho vou gravar um CD só com músicas natalinas. E no final do ano existe uma possibilidade de cantar no Carnegie Hall, em Nova York. Mas ainda não sei se vai dar certo, lá nos Estados Unidos é tudo tão caro.

O que quer ganhar de aniversário?

Gostaria de continuar com o melhor presente que uma pessoa pode ter: a saúde. E também seguir vivendo na companhia da minha filha, meu neto e as pessoas que trabalham comigo.

Pensa em se aposentar?

Aposentadoria é uma palavra que me ofende. Estou cantando melhor do que nunca. Estive recentemente no programa do Jô Soares e, ao final do meu número, os músicos do sexto estavam todos chorando. E não era um choro de pena, não. Era um choro emocionado. Eu me sustento com meu trabalho, não vivo de renda. E, se parar, vou fazer o quê? Ficar aqui em frente de casa olhando para a Baía de Guanabara? A vista é linda, mas olhar o dia inteiro para ela, nem pensar.

O que gosta de fazer nas horas vagas?

Sou viciada em TV e ver filmes no DVD. Estou aqui com dois na minha frente: O Especialista e Al Capone. E todos os dias, pontualmente às 21h, ligo a televisão para ver a novela. Adorei Fina Estampa.

 

Bibi Ferreira, comemora seus
90 anos com o show
Bibi-Histórias e Canções
O espetáculo reinaugura o antigo Teatro Tereza Rachel, em Copacabana.
Repertório inclui Edith Piaf, Chico, Noel, Tom e Vinícius, entre outros. 

Foto: Divulgação

 

Fonte: revistaepoca.globo.com

Comentário 1

  • Cecilia Giffoni22/04/2012 em 20:48

    BIBI Ferreira realmente é um fenômeno ! Assisti a entrevista dela no Jô e dá prazer de pensar que a gente pode envelhecer assim.Apaixonada pelo que faz, sestrosa para com o público , cativante para com o entrevistado e encantada com a vida .Mais um assunto nota dez .Esse site é demais .A gente vai lendo e começando a se sentir cada vez melhor .Parabens !

  • Adicionar comentário