Ana Maria Faklen

 

No centésimo quinquagésimo dia do ano de 1958, mais exatamente, no dia 04 de junho,  nasceu a geminiana Ana Maria Faklen, em São Paulo, na própria Capital.

Por força da data do nascimento, o destino já lhe reservara inteligência e capacidade mental, gosto pelos desafios de novos conhecimentos e capacidade analítica. A família era pequena – só mais um irmão, já falecido e outro, com o qual não convivia, fruto do primeiro casamento do pai.

Apaixonada pela natureza e pela vida, desde cedo deu atenção aos impulsos do coração  – aos treze anos já sonhava com o amor, apesar de alegar nunca ter se apaixonado à primeira vista!  O encantamento pelo mundo que a cercava, fê-la formar-se primeiramente em Biologia e a seguir em Medicina Veterinária, um marco de realização em sua vida.

Ama a profissão que professa com muita dedicação e amor, há trinta e oito anos. Apesar da mente analítica geminiana, números e papéis nunca exerceram qualquer fascínio sobre ela, pelo contrário. “Garra, honestidade e força de trabalho” são as qualidades que mais dão orgulho a seus pais.

Foto: Divulgação

Acredita nas relações que se complementam, sem serem antagônicas e preza nas amizades a cultura, a sensibilidade e a franqueza. Sonha, mas com os pés no chão, contornando intuitivamente os obstáculos da vida, transformando-os em aprendizado. Comunicativa e eloquente mantém amizades duradouras, entre as quais tenho o privilégio de me incluir.

Perguntada se achava que sua personalidade tinha mais a ver com gato ou com um cachorro, não chegou a nenhuma conclusão – uma dualidade típica do astral geminiano.  Nos pratos prediletos, a panqueca de carne convive com a pescada branca, o arroz com a abobrinha vindo a manga como “grand finale”. A sala de estar é o lugar predileto de sua casa, demonstrando seu caráter receptivo e aberto.

Se pudesse colocar os riscos de lado, praticaria paraquedismo – “Voar no silêncio deve ser o máximo” – imagina Ana Maria. Como dizem os que pilotam aviões, o prazer de voar é tão intenso que é ele que faz com que as aves cantem!

O caos, os regimes totalitários e de força a assustam e afastam: apesar de todo o respeito à cultura do povo, como já viajou para vários cantos do mundo, inquirida sobre o lugar que não teria interesse em visitar, citou a Somália, pelos motivos expostos.

Sai sempre no carro com artefatos que possam viabilizar resgates e ensina os cuidados que se deve ter com animais feridos e abandonados, que podem se tornar agressivos, pelas dores e pânico. Se mais “Anas” houvesse, muito melhor seria a situação de criaturas abandonadas, fruto do descaso humano, pelo sofrimento alheio.

É com muito prazer que o Portal Amantes da Vida recebe a entrevista desta mulher guerreira, que apesar de tirar seu sustento de seu trabalho, vai mais além, doando-se em prol de suas crenças, a exemplo do que pregava Charles Darwin: “A compaixão para com os animais é das mais nobres virtudes da natureza humana”.

 

Comentários 11

  • Ana Lucia12/08/2013 em 20:33

    Fico muito feliz, por acessar este site da Maria Eugenia Cerqueira,pois assisti o programa Mulheres e fiquei curiosa para conhecer,ao ler esta reportagem falando da veterinária Ana Maria Farklen,meu coração se enche de alegria e vou compartilhar no meu facebook,pois quero mostrar que vale muito a pena cuidar dos animais.E eu sou a favor do hospital público veterinário ,algumas pessoas acham um absurdo gastar dinheiro público com benefício aos animais,eu acho ao contrário faz bem para o animal e seu dono(amigo)além de ensinar a ter mais respeito por esses seres maravilhosos,obrigada bjus!.

  • Ailza Calderani06/04/2013 em 14:03

    Ana, amiga … vc é tudo isso que foi descrito e muito mais. Parabéns! Bjs

  • Cristina Peterson23/03/2013 em 19:57

    Amiga querida! Adorei a entrevista. E um privilégio ter encontrado você nesta vida. Você eh tudo isto que foi dito e muito mais, pois não dá pra descrever sua aura maravilhosa!
    Saudade e aquele abracao com muito carinho. Cris

  • Marina Lima19/03/2013 em 20:08

    Ana,

    Tudo ao seu tempo e em seu lugar…….
    A sua competência dispensa comentários , a sua amizade é um privilegio que näo dispenso.
    Adorei a entrevista!!!!! Parabéns para as duas.

    Beijos,

    Marina Lima

  • Ann Vierneisel19/03/2013 em 17:11

    Adorei ler a entrevista !
    Para mim e todos meus bichinhos – amigos de muitos anos – era e é um privilégio conhecer Dra Ana Maria. Além de ser um grande professional, ela é humana, com um bom senso de humor e sabe cuidar de todos nós. bjs de Barry, Priscilla e Ann

  • Maria Inah Salvador19/03/2013 em 15:28

    E eu que sou mais sortuda ainda:além de cultivarmos uma linda amizade,de amarmos nossos animais de estimação(Khirí,Joca,Quin e Leléh mandam “alô” e estão orgulhosos!!)ainda temos um laço muito forte,que na verdade foi através do qual nos conhecemos:Faiçal Simon,nosso Fê querido!Ana:estamos te esperando na Ilha!!
    Inah

  • Irma Lessmann19/03/2013 em 12:08

    Oi Ana,

    muito bacana esta entrevista. Parabéns pela sua dedicação e profissionalismo. Continue assim, pois você faz muita diferença neste mundo. bj. Irma, Daniel, Thomaz e Tobi

  • Luciléa Maria Lopes14/03/2013 em 12:08

    Sou grata ao plano espiritual por saber que existem pessoas como voce, ANA!

  • Anette13/03/2013 em 21:33

    Sou feliz por ser sua amiga e eternamente grata,por ter sempre me apoiado nas horas mais críticas,quando eu encontrava bichos doentes que precisavam de cuidados, você sempre atendeu com carinho e dedicação,você merece todo nosso reconhecimento,beijos de sua amiga eterna, Anette.

  • Maria Eugenia13/03/2013 em 20:44

    Conheci a Ana Faklen através de um grande profissional, um dos melhores que já encontrei na área, Dr. Faiçal Simon, de saudosa memória. Desde então, levo toda minha tropa para a Ana cuidar – aliás, diante da quantidade, a Montanha é que vai a Maomé pois fica mais simples ela examinar todos de uma vez, em minha casa.É ponderada, segura e precisa em seus diagnósticos. Adorei quando aceitou ser entrevistada pelo portal!

  • Marcos13/03/2013 em 18:16

    Parabens, Ana ! Muito legal mesmo !!! É um privilegio te-la como amiga e veterinaria dos meus bichos. um grande abraço

  • Adicionar comentário