Água Engarrafada

 

ARGUMENTOS CONTRA O CONSUMO DE ÁGUA ENGARRAFADA 

Recentemente recebi de uma pessoa conhecida, um levantamento sobre o consumo de água mineral que soou como um alerta. Assim sendo, convém divulgar a matéria para que as pessoas tomem conhecimento dos fatos elencados, para que tomem suas próprias decisões quanto ao assunto. 

Foto: Divulgação

1- Os Estados Unidos são o maior mercado consumidor de água engarrafada do mundo, seguido pelo México, China e pasmem Brasil.

2- Em 2008, as vendas de água engarrafada atingiram o volume de 32,6 bilhões de litros, que representa 28.9% do mercado de consumo de bebidas.

3- A média anual per capita de água engarrafada por americano é de 79,5 litros.

4- O uso de garrafas de água aumentou drasticamente: de 3.3 bilhões vendidos em 1997 para 15 bilhões em 2002.

5- O National Geographic estima que 17 milhões de galões de óleo cru (petróleo) são necessários por ano para a fabricação de garrafas de plástico.

6- Se você encher ¼ de uma garrafa de água com óleo dá uma idéia aproximada de quanto deste material é usado na fabricação daquele específico recipiente.

7- O Instituto de Reciclagem de Recipientes (Container Recycling Institute) e pelo ReusableBags.com que 22 bilhões de garrafas de água terminam em aterros sanitários.

8- De acordo com um artigo científico do Grupo de Trabalho Ambiental (Environmental Working Group), a água engarrafada comparada à da torneira, contém subprodutos desinfetantes, resíduos de fertilizantes e medicação para dor… vale a pena consultar este artigo!

9- As engarrafadoras de água criaram nos Estados Unidos e outros países, uma impressão falsa de necessidade do consumo deste artigo, convencendo a população de que a “água mineral” é que deve ser tomada. Visto o vídeo Story of Stuff about the bottle water industry qualquer um muda de idéia e começa a pensar de modo diferente.

10- Muitas garrafas plásticas são encaminhadas para reciclagem, mas o National Geographic Kids afirma que somente uma em cada seis garrafas são recicladas.

11- Reciclar garrafas plásticas economiza energia. Para se ter idéia, cada unidade reciclada corresponde a uma economia de energia equivalente a uma lâmpada de 60 watts funcionando por seis horas.

12- Usem garrafas de vidro ou de aço inoxidável ao invés de plástico e procure comprar utensílios feitos de RPET que significa PET reciclado – Terephtalato de Poli Etileno, um membro da família do poliéster.

13- Recentemente, o Parque Nacional do Grand Canyon nos Estados Unidos aprovou um plano para eliminar a venda de água em garrafas de plástico! Instalou estações de água no parque para que os visitantes possam encher suas próprias garrafas. 

Foto: Divulgação

Vamos difundir esta ideia em nossos pontos turísticos? Quando fui a Fernando de Noronha, vi várias garrafas abandonadas em praias paradisíacas, em verdadeiro atentado contra a natureza.

Costumo correr da Praia do Espelho até Trancoso (Bahia) e fico desgostosa com a quantidade de lixo plástico abandonado pelos frequentadores, naquele local paradisíaco, apesar das lixeiras disponibilizadas por diversas casas para que as pessoas descartem embalagens e garrafas. Diversas vezes levei um saco para a praia e recolhi das cercanias, o que pude, mas é como esvaziar o mar com dedal, se cada pessoa não se conscientizar de que a preservação da natureza é indispensável para a sobrevivência dela própria e de todo o planeta. 

 

Comentário 1

  • Ceilia Giffoni29/04/2012 em 09:09

    Nunca pensei que fossem esses os números em relação as garrafas d’água .Da janela de casa vejo o rio Pinheiros e depois de uma chuva forte , sinceramente , dá vontade de pegar um barquinho e ir catando aquela quantidade gigantesca de garrafas de refrigerantes boiando e poluindo mais ainda um rio que poderia ser nosso cartão postal , se bem cuidado ! Cecilia Giffoni

  • Adicionar comentário