A educação é o berço do afeto.

 

A educação é o berço do afeto. O exercício do afeto se dá pela forma como nos tratamos e tratamos aos outros.

Estamos vendo gerações de crianças, adolescentes, jovens e até mesmo adultos sem o menor bom trato com os outros. Estamos ficando iguais a símios avançados.

Faça o teste: Se você usar, como padrão, as seguintes expressões na sua comunicação diária, dificilmente conseguirá algum progresso nas suas relações, mas console-se, você já não é um símio avançado porque você fala:

Foto: Divulgação

“sai da frente”
“falou aí” ou “belê”
“foi mal hein”
“calma aí”

Se você usa, como padrão, as seguintes expressões na sua comunicação diária, certamente conseguirá algum progresso nas suas relações, mas prepare-se, você ainda terá que suportar muitos símios avançados:

Com licença ao invés de “sai da frente”
Obrigado ao invés de “falou aí” ou “belê”
Desculpe ao invés de “foi mal hein”
Pois não ao invés de “calma aí”
Por favor ao invés de “belê?”
Por gentileza ao invés de “belê?”
Grato ao invés de “belê”
Agradecido ao invés de “belê”

Até o mundo dos negócios aplaude e privilegia os bem educados, que diria do mundo das relações pessoais: amigos, familiares, relações amorosas.

É bom não esquecer que: É o modo como você trata os outros que molda o modo como os outros te tratam.

Faça uma retrospectiva agora. Pense nos maus tratos que você tem recebido dos outros: Falta de consideração, de respeito, de pontualidade, de educação, de amor, de atenção, etc.

De duas uma: Ou você está sendo mal tratado porque está selecionando as pessoas as pessoas com quem convive por outros motivos que não o da afinidade, ou você está sendo mal tratado porque é assim tem tratado aos outros.

ETIQUETA NÃO É FRESCURA!

Dicionário Aurélio:

Frescura:
[De fresco2 + -ura.]
S. f.
1. V. frescor.
2. Pop. Procedimento ou expressão abusada, cínica ou impudica; chulice, fuleiragem.
3. Pop. Efeminamento.
4. Pop. Sentimentalismo excessivo; pieguice.
5. Apego a convenções, a preconceitos; convencionalismo, friagem.”

Etiqueta é uma ferramenta criada e elaborada para FACILITAR o entendimento e os relacionamentos através de uma comunicação verbal, escrita e corporal mais fluente, perceptiva e respeitosa. É um aprimoramento do comportamento primitivo.

Pessoas que não conhecem e não usam o mínimo de educação no trato pessoal equivalem a pessoas que não tomam banho… nunca.

Dizer que etiqueta é coisa de elite fresca e preconceituosa é o mesmo que dizer que falta de educação significa sinceridade. PURA FALÁCIA!

A interação afetiva DEPENDE da boa educação no trato pessoal.
Detalhe: Isso nada tem a ver com riqueza material, com diplomas universitários, famílias de bom nome ou status social.

O bom trato depende do afeto em pleno exercício.

De nada adianta a pessoa tratar o outro no rigor da etiqueta, mas desconectado do afeto. Fica uma relação fria e desprezível. É este equivocado procedimento que dá fundamento ao preconceito em relação à etiqueta; pessoas que usam a etiqueta de forma arrogante.

ISSO NÃO É ETIQUETA, ISSO É ARROGÂNCIA.

O bom trato é a mistura saudável do exercício da etiqueta EM CONEXÃO com o afeto. Tudo fica saudável quando se mantém o… Foco no afeto!

Adicionar comentário